terça-feira, setembro 04, 2012

Interseção: Arte e Religiosidade

A iniciativa veio inspirada no trabalho de mestrado de Ana Lisboa, cuja pesquisa reflete sobre a maneira pela qual as artes visuais do Estado evocam temas vinculados à religião. O resultado acadêmico, intitulado “Arte como Prece”, será lançado como livro no dia 26 de setembro.
A publicação é um misto de desabafo, auto-análise e discussão sobre religião, a partir das recorrências de cada um dos quatro artistas. Sendo assim, a religiosidade, segundo a autora, pode ser sintetizada como “uma espiritualidade caleidoscópica, fluida, na qual as dúvidas e questionamentos refletem a angústia existencial dos indivíduos”.
Nessa linha, Montez Magno mostra nos seus trabalhos, entre poesias e pinturas, uma inclinação pelo silêncio e pelo vazio, enquanto que os desenhos dos ex-votos de Renato Valle, resgatam os apelos de compaixão humana e da mudança de perspectivas. Já na obra intitulada “O Altar”, de Luciano Pinheiro, o objetivo varia entre a meditação e a oração, num contexto de culto, procurando exorcizar a violência. Por fim, Ana Lisboa apresenta 27 oratórios em tributo ao seu irmão, com preces escritas.
A exposição conta com obras de Ana Lisboa, Luciano Pinheiro, Renato do Valle e Montez Magno. Os artistas foram selecionados pela artista e autora para o seu mestrado, graças ao envolvimento deles no processo de construção estética, que ela vinha realizando em seu atelier, sempre tomando a religiosidade sem encaixá-la em rótulos.

(Foto: Marco Pimentel)
 Série Oratórios de Ana Lisboa (Foto:Marco Pimentel)
 Luciano Pinheiro, Ana Lisboa, Renato Valle e Montez Magno no Museu do Estado, ao lado de uma das obras de Renato Valle (Foto:Marco Pimentel)

 Velório - Renato Valle (Foto: Marco Pimentel)


Série Comunhão de Ana Lisboa (Foto: Marco Pimentel)
 Trabalho de Luciano Pinheiro (Foto:Marco Pimentel)
 Renato Valle, Ana Lisboa, Luciano Pinheiro e Montez Magno (Foto:Marco Pimentel)


A exposição estará no MEPE até o dia 30 de setembro de 2012.
Local: MEPE (Museu do Estado de Pernambuco) - Av. Rui Barbosa, 960, Graças, Recife-PE.
Horário para visitação: terça a sexta das 9h às 17h  e sábados e domingos das 14h às 17h.

Muito linda, muito interessante, muito boa! :)

Fontes: 
Folha-PE (http://www.folhape.com.br/cms/opencms/folhape/pt/edicaoimpressa/arquivos/2012/08/29_08_2012/0006.html) e fotos da Revista SIM (http://www.facebook.com/RevistaSIM.br).


2 comentários:

  1. Que bom que você voltou a postar!! =]

    ResponderExcluir
  2. O blog estava praticamente implorando para ser ressuscitado! hahahahhahaha :)

    ResponderExcluir