terça-feira, agosto 24, 2010

Forte Orange

Sei que me comprometi com vocês de divulgar exposições recifenses, mas fim de semana retrasado dei uma passada por Itamaracá e não posso deixar de comentar aqui o que vi no Forte Orange. O local é realmente lindo, mas com relação ao forte em si, vou ser muito sincera com vocês, está caindo aos pedaços, precisa urgentemente de alguma medida governamental ou até mesmo privada para organizar aquilo ali.

É um absurdo como um lugar que foi decisivo na história do nosso estado ser tratado desta forma. Os canhões caídos na areia, apoiados nas pedras...suscetíveis a qualquer dano, as pessoas sobem neles; o forte, apesar da boa construção, está quase que desmoronando; a capelinha é uma vergonha e o museu é péssimo, sem qualquer zelo, os objetos do acervo não têm os cuidados necessários e os mapas e retratos praticamente se resumem a cópias mal feitas dos originais do Museu do Estado.

Estou aqui desabafando com vocês, porque realmente fiquei decepcionada e triste com o que eu vi no Forte Orange.

Então me pergunto...cadê os responsáveis que não tomam alguma atitude? Sim, leitores... assim percebemos o que, na íntegra, significam as palavras: comodismo, desinteresse.



PÉSSIMO ESTADO DOS CANHÕES:

Canhões jogados na areia, apoiados nas pedras, sem o mínimo de zelo... observem a foto da criança subindo em um deles.








FALTA DE CUIDADO COM O MUSEU

Olha só o estado das peças do acervo do museu!





FORTE EM RUÍNAS

Sim, tudo bem que a estrutura dessas construções antigas são realmente duradouras e fortes, mas uma restauração de vez em quando é sempre bom, não é mesmo?





A SALVAÇÃO: ÓTIMA LOCALIDADE, VISTA LINDA

Bem, para não comentarem que não falei das flores... aqui está a salvação do passeio no Forte Orange: A vista! Que vista linda! =) Outro fato que salva? A praia! Perfeita! =D






Tá com vontade de passar um dia diferente em alguma praia do litoral norte? Não se arrependerá indo à Itamaracá. Caso resolva ir ao Forte Orange, provavelmente, por você estar envolvido no clima gostoso da praia certamente não se decepcionará também, mas vá consciente de que o forte está bastante carente de cuidados profissionais.

Pertinho do forte tem o Projeto Peixe Boi... pena que não deu tempo de dar uma passada lá. =/

Sim!!! Não poderia deixar de mostrar para vocês o outro lado da ilha de Itamaracá... minha gente, olhem só que lindo:

Maravilhoso, eim! =D

Vão nessa... sem medo de ser feliz! Itamaracá espera vocês!

domingo, agosto 22, 2010

Pérolas Imperfeitas!

Com uma câmera rotativa analógica Seitz Roundshot 220 em mãos e muita criatividade em mente o fotógrafo David Glat inova construindo as suas Pérolas Imperfeitas.
Segundo o fotógrafo um dos seus sonhos foi realizado quando adquiriu a câmera rotativa, porém, à medida que iria registrando os 360 graus de uma paisagem percebia que é praticamente impossível conseguir um lugar com totalidade linda, interessante, sempre havia uma das partes da fotografia que destoava...uma praia linda e do outro lado prédios ou antenas. Foi então que Glat teve a brilhante idéia de construir sua própria paisagem 100% interessante, segurando a pesada câmera com as mãos e a levando a "dançar" junto com ele, destorcendo assim a parte planejada da paisagem.
Enquanto David inovava não imaginava que fazia Barroco.
Logo abaixo do título da exposição, o significado da palavra Barroco pelo dicionário Houaiss da Língua Portuguesa: "Palavra de origem controversa, é tida como pré-romana e do acerto primitivo ibérico; foi usada, no português, para denotar pérola de superfície irregular, de formato anômalo, sentido que passou ao francês, onde adquiriu acepção específica ligada às artes, que se irradiou às demais línguas".
Para entender melhor a ligação entre o significado da palavra Barroco e a idéia de David Glat vamos às fotos da exposição:



Altar Mor da Igreja de São Francisco



Altar de Nossa Senhora da Glória da Igreja de São Francisco


Casa dos Santos da Ordem de São Francisco
Igreja do Nosso Senhor do Bonfim


Fachada e Escadarias da Ordem do Carmo

Forte Santa Maria

Fachada da Igreja de São Francisco


Forte de São Marcelo

Salas da exposição no Museu do Estado de Pernambuco

Entenderam a ligação entre David Glat e Barroco? É a transformação de uma imagem arquitetonicamente regular em formas escandalosamente irregulares. Glat faz arte manipulando as imagens, fazendo suas fotografias aparentarem verdadeiras pinturas à óleo. O fotógrafo garante que há o mínimo de intervenções posteriores no computador, ou seja não pensem que o efeito dessas fotos é fruto de Photoshop.
Bem, a exposição é linda, vale muito a pena a visita!!!
E ainda, uma surpresa! David Glat mediará uma visita no dia 3 de setembro, às 15h. Tem coisa melhor do que ouvir o próprio artista falando sobre sua própria exposição? Não, ne?! =) Então vamos! Glat ficará muito feliz em receber vocês.

Esta bela exposição está no Museu do Estado de Pernambuco até o dia 12/9/2010.
Os horários: terça a sexta - 9h às 17h. Sábado e domingo - 14h às 17h.
Para mais informações e agendamento de visitas de grupos: (81) 31843174
O MEPE fica na av. Rui Barbosa, 960 - Graças.

quinta-feira, agosto 05, 2010

Novos Mundos Novos

Olhar o mundo rotineiro de uma forma diferente para assim descobrirmos novos mundos em um já considerado pelos nossos descobridores portugueses e espanhóis como mundo jovem. A exposição "Novos Mundos Novos" seria essencialmente a descoberta de um novo mundo em um mundo novo.
A modernidade adora fazer as pessoas se enfadarem rapidamente com a paisagem, o mundo ao seu redor e o nosso Brasil é jovem demais para estarmos cansados do que ele tem a mostrar...é necessário vê-lo, enxergá-lo com outros olhares, para vermos um novo mundo a cada dia.
Esta é a proposta de uma exposição muito bem pensada e impecavelmente linda presente durante o mês de agosto, setembro e outubro no Instituto Cultural Banco Real, lá pertinho do Marco Zero.
A exposição está distribuída em três andares. No térreo há imagens de mapas antigos, dos séculos XV e XVI, época das grandes navegações (esta seria a representação literal da descoberta de novos mundos), há também fotos lindas de paisagens brasileiras, instalações, pinturas, esculturas e xilogravuras.
Uma das minhas instalações favoritas desta primeira parte é uma sala toda em branco com corações de bronze que sobressaem nas paredes, a iluminação adequada concede um efeito muito bom: cada coração fica com um cor diferente.

"Ativação" - 1999 (Bronze banhado a ródio e luz colorida)


Detalhe de um dos corações, este sob o efeito da luz vermelha


Não poderia deixar de comentar a presença das xilogravuras do mestre Samico nesta exposição. Realmente perfeitas, sempre chamando atenção pela sua técnica primorosa em uma arte tão complexa com a madeira.

"O Sagrado" - 1997 - xilogravura - 56 x 80.5 cm

Francisco Brennand também marcou presença com algumas das suas esculturas. Uma delas é "O Ovo da Serpente", de 1976.



No primeiro andar estão duas instalações... um tanto quanto peculiares e intrigantes. Subindo as escadas, do lado direito encontramos uma sala repleta de pó de madeira, totalmente cheia de pó. Do lado esquerdo há uma sala em branco com imagens e vídeos sendo projetados sobre uma poltrona. Eu falei que eram peculiares! Sinceramente, passei muito tempo alí parada observando a instalação do pó de madeira, pensando em todas as alternativas possíveis, mesmo assim juro que ficou difícil de captar a intenção do Marcelo Silveira.


Pó - 2010 - Pó de madeira e objetos


La Siesta/The Nap/Dutje - 1995 - Videoinstalação - 8 min

O segundo e último andar da exposição me surpreenderam, foi alí que eu captei a verdadeira mensagem dos "Novos Mundos Novos"... os provocadores desta epifania? Os fotógrafos Lester Weiss, Eder Chiodetto, Choque Fotos e os animadores Paulo Meira, Daniel Herthel e Maria Leite. Na minha opinião foram eles os responsáveis pelo novo mundo em um mundo novo. Pura poesia! São pessoas de olhares requintados em sua simplicidade...porque requinte nada tem a ver com riqueza, dinheiro, marcas caras...requinte é ver o belo no nada...no mais simples dos objetos, esteja ele no meio da rua largado ou numa galeria de arte.

Ônibus, Salvador - Lester Weiss - 2007- Fotografia - 44,5 x 60cm



Esta exposição me fez pensar bastante sobre a questão do belo no nada... tão bem visto pelo grande poeta Manuel de Barros: "Sei que meus desenhos verbais nada significam. Nada. Mas se o nada desaparecer a poesia acaba. Eu sei. Sobre o nada eu tenho profundidades."
Adorei e recomendo!
HORÁRIOS:
Terça a quinta, das 14h às 20h
sexta a domingo, das 14h às 22h.
Entrada franca
Exposição fica até o dia 31 de outubro

sábado, julho 10, 2010

UFA!

Para começo de conversa mil desculpas pelo sumiço, pessoal.

Desculpa!!!!!! =)

Depois de conturbações de provas, trabalhos, professores carrascos, cirurgia da minha cadelinha Babi (sim, ela fez uma histerectomia nesta terça-feira e já ta ótima!)... enfim, depois de semanas e semanas com a vida um tanto quanto bagunçada estou aqui de volta firme, forte e renovada para vocês!!!

E vamos continuar com nosso blog! =D

A agenda cultural deste mês já está circulando. Vamos nos divertir!

E vamo que vamo que vem novidade por ae!

;)

quinta-feira, junho 17, 2010

Pneumática

No Centro Cultural dos Correios, está havendo a exposição “Pneumática” do artista Paulo Paes. São esculturas com bases técnicas da arte dos balões: objetos infláveis, efêmeros, feitos em papel celofane, plástico ou seda. O mais interessante é que apesar de balões, eles estão dissociados da função de artefato voador.

Aguardem novidades, eim!

Obs.: Sugestão de Mari Andrade! (valeu, Mari!) =D


Local: Centro Cultural dos Correios

Visitas: Terça a sexta 9h às 18h / Sábados e domingos 12h às 18h

Oficina Francisco Brennand

Eu sei, eu sei... quase todos já foram lá. O fato é que há pouco tempo estive na oficina e me surpreendi. Além dos jardins temáticos maravilhosos, tem várias salas de exposição de quadros e esculturas do artista, o que mais me surpreendeu,eu nunca havia visto:uma igreja com paredes de vidro, altar e santos todos no estilo das esculturas de Brennand... minha gente, que lindo! Com certeza eles devem alugar para casamentos...imaginem, eim... casar ali!... sonho! =)

Enfim, a Oficina de Brennand nunca esteve tão perfeita e receptiva, lugar aconchegante, surpreendente, muito bem cuidado e conservado, tudo no maior capricho!


Tenho várias fotos da Oficina, as mais bonitas estão aqui para vocês:




Esta primeira está meio tremida porque foi tirada de dentro do carro, postei para mostrar como é lindo o caminho para chegar à propriedade.










Parte externa, na frente da igreja




Como a igreja estava fechada, não consegui tirar muitas fotos, como as “paredes” são de vidro aparecem muitos reflexos nas fotografias, a melhor foto foi esta de um detalhe da parte interna, uma imagem da Nossa Senhora.


Bem, vale a pena, eim! As férias estão chegando, aproveitem para passar uma tarde por lá, além de todas as exposições ainda tem uma loja e um café.

Certamente um programa sem decepções.

;)


Como eu sei que é um pouco complicado para chegar na Oficina Brennand decidi colocar disponível aqui para vocês um mapa:


Horários de visitação:

Segunda à Quinta: 8h às 17h.

Sexta-feira : 8h às 16h.

Sábado, Domingo e Feriado: fechado.


Endereço: Propriedade Santos Cosme e Damião, s/n, Várzea

Telefone: 81 3271.2466

sexta-feira, junho 11, 2010

Atenção!

Em virtude da manutenção do telhado do espaço Cícero Dias,

O museu do Estado de Pernambuco ficará fechado para visitas até o dia 27/6/10.

Dia 29/6/10 o museu reabre, e com uma novidade bombástica: A REABERTURA DO CASARÃO! Isso mesmo, aquela casa linda será reaberta completamente restaurada e climatizada. A exposição do acervo permanente do museu ficará dividida, uma parte no casarão e outra no Espaço Cícero Dias (logo atrás da casa, no mesmo terreno).


Bora lá, né?! =)


quarta-feira, junho 09, 2010

Arte em clima de Copa!

Exposição no Paço Alfândega! Artistas plásticos exibindo suas interpretações do futebol.

Levando em consideração o contexto atual do frisson conseqüente da Copa Mundial achei a idéia muito boa.

Foi uma grande sacada, tanto com relação ao momento de expor obras deste tema, quanto ao local da exposição, um shopping. O resultado desta ótima sacada? Aproximar as pessoas da arte, tentar tirar a mistificação das artes plásticas como algo distante, de difícil compreensão, monótono e mostrar a arte próxima, atual, divertida, entendível!

Muito boa iniciativa! Adorei, vale a pena!

Abaixo fotos de algumas das obras expostas:



Cartão Vermelho Pra Você. Acrílico sobre papel 96x66cm. Artista: Gil Vicente


Peladeiros. Óleo sobre tela, 90x70cm. Artista: Roberto Ploeg.



Futebol. Óleo sobre tela, 100x100cm. Artista: George Barbosa.



Brasil e Suíça No Arruda. Óleo sobre eucatex, 120x80cm. Artista: José Cláudio.



Informações:

Local -> Paço Alfândega. Rua Madre de Deus, Recife Antigo.

Data da exposição -> 5 a 24 de junho

Visitação-> segunda a sábado (10h às 22h), domingos (12h às 20h)